O DOCUMENTÁRIO URUGUAIO O CAMPEãO MUNDIAL ENTRE OS MELHORES DO FESTIVAL DE CINEMA DA BBC

Fecha de publicación: 15/07/2020

O filme, que ganhou o Prêmio do Público, foi incluído na seleção LongShots do festival online do canal, juntamente com outras seis produções internacionais.

Dirigido por Guillermo Madeiro e Federico Borgia, e produzido por Montelona, com o apoio da Direção Nacional de Cinema e Audiovisual do Uruguai e do Município de Montevidéu, o filme uruguaio El campeón del mundo fez parte, junto com outros seis filmes internacionais, da seleção LongShots, do primeiro festival online da BBC, realizado neste formato devido à pandemia.

Devido ao poder de sua narrativa, o documentário uruguaio foi escolhido entre 70 produções por um comitê de 18 profissionais, aclamados curadores e vencedores do Oscar. Entre eles está a diretora brasileira Petra Costa, que recentemente foi indicada para um Oscar por seu filme On the Edge of Democracy. Costa recomendou o documentário pela forma como revela aspectos da masculinidade através do vínculo pai-filho.

O documentário premiado foi produzido no Uruguai, um mercado que ocupa atualmente um lugar indiscutível na cena cinematográfica internacional e ganhou mais de 200 prêmios internacionais nos últimos dez anos.

O Uruguai é um dos países da América Latina com uma das melhores relações entre o número de estréias nacionais e o PIB. O reconhecido nível profissional dos técnicos uruguaios e a importante infra-estrutura cinematográfica da indústria audiovisual uruguaia são verdadeiras vantagens competitivas e tornam a experiência de filmar no país mais seguro e transparente da América Latina inigualável.

O retrato de um vínculo

Os diretores Madeiro e Borgia conheceram Antonio Osta, o personagem principal do documentário, enquanto faziam Clever, um filme de ficção lançado em 2016. Osta, que havia sido campeão mundial amador de 2006 na Rússia e campeão profissional da WFF-WBBF de 2008 na Lituânia, representava um artista musculoso que vivia com sua mãe no interior do Uruguai. De acordo com Madeiro, conhecê-lo foi uma "revelação".

"Fizemos uma fundição que foi chocante. Ele não só tinha o visual que queríamos para o personagem, mas era extremamente sensível e também tocava piano. Graças a ele, o personagem cresceu muito a partir do que estava no roteiro. Naquele momento já percebemos que o verdadeiro personagem superava o fictício", ilustrou Madeiro.

Depois de filmar Clever, os diretores decidiram se aventurar no gênero documentário e surgiu a idéia de fazer um retrato de Osta. Eles foram à sua casa na cidade de Cardona, Soriano, e ele gostou da proposta. Começaram a filmar sua vida diária com seu filho e logo o filme se transformou em um retrato da relação entre pai e filho. "Após seis meses de filmagens, percebemos que o coração estava lá e continuamos filmando esse vínculo", disse o diretor.

O campeão mundial também se concentra no culturismo, um esporte incomum que tem a hipertrofia muscular como culto. O documentário mostra o conhecimento detalhado de Osta sobre a anatomia humana e as drogas ligadas ao esporte, um conhecimento que ele havia adquirido de forma autodidata. De acordo com Madeiro, ambos os diretores sentiram como "sapos de outro poço", mas acharam emocionante ouvir Osta.

Em 2017, enquanto filmava o filme, Osta morreu no México devido a falência renal. Inevitavelmente, a morte tornou-se um dos temas do filme. "Antonio falou de sua possível morte. Não sei se foi algo inconsciente, mas não o levamos muito a sério até que realmente aconteceu. O filme é, em parte, um adeus a Antônio", concluiu Madeiro.

No Uruguai, o Campeão Mundial teve sua prévia no mercado uruguaio DocMontevideo e foi reconhecido como Melhor Documentário no Festival de Desvio de Foco em Diretores. Estreou em cinemas no final de 2019 e foi reconhecido pelo público e pela crítica com o prêmio de Melhor Documentário do ano pela Associação de Críticos Uruguaios e o Prêmio Morosoli de Imagem em Movimento.

"Não esperávamos as repercussões que teve, mas estávamos super satisfeitos com o trabalho. Sabíamos que tínhamos feito um bom filme, um daqueles que gostamos de ver. Foi um documentário feito de forma muito austera, nunca imaginamos estar na BBC. Foi uma surpresa", disse o diretor.

O campeão mundial pode ser visto online em LongShots.

Palabras clave:

  • partilhar