O COMITê DE INVESTIMENTOS DA OCDE RECOMENDOU A INCORPORAçãO DO URUGUAI

Fecha de publicación: 05/08/2020

A decisão se fundamenta em uma revisão favorável das políticas de investimento do país, que aposta em se tornar membro pleno do comitê.

Em 8 de julho, a Revisão da Política de Investimentos do Uruguai foi realizada no Comitê de Investimentos da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), após o que foi decidido apoiar a incorporação do Uruguai como um parceiro pleno da organização.

A revisão foi realizada com financiamento conjunto do Mecanismo de Desenvolvimento em Transição da União Européia e do Uruguai, e é parte do processo de adesão do país ao comitê que começou em março de 2018. O pedido do Uruguai é parte da "estratégia gradual de aproximação com a Organização, a fim de trocar, aprender e compartilhar as melhores práticas em políticas econômicas e de desenvolvimento", ressalta a declaração oficial do Ministério de Economia e Finanças (MEF).

Uma vez concluída a revisão das políticas de investimento do país e após o Comitê de Investimentos recomendar que o Uruguai se torne um membro pleno da organização, o Conselho da OCDE terá que decidir.

O Comitê de Investimentos da OCDE, criado em 2004, é responsável pela liberalização dos instrumentos da organização na área de investimentos e serviços internacionais. É responsável por promover a cooperação internacional em nível de investimento estrangeiro direto, negócios internacionais e comércio de serviços. Para tanto, a organização proporciona um fórum de discussão entre países membros e não membros da OCDE, bem como com empresas, trabalhadores, ONGs e outros grupos, através de mesas redondas e conferências empresariais.

Ele também monitora o cumprimento das regras do jogo estabelecidas pela organização, conduz revisões políticas dos instrumentos de liberalização, produz análises críticas sobre tendências de investimento e uma ampla gama de questões, entre outras coisas.

O apoio do Comitê de Investimentos da OCDE para a adesão plena do Uruguai é um verdadeiro impulso para sua política de investimentos. A organização renova sua confiança em um país que provou ser seguro e previsível, com regras claras do jogo, instituições sólidas e forte estabilidade política e social, apoiado por uma democracia consolidada e forte segurança jurídica.

Palabras clave:

  • partilhar