URUGUAI XXI E INEFOP RENOVAM ACORDO PARA PROGRAMA DE TREINAMENTO EM SERVIçOS GLOBAIS

Fecha de publicación: 04/08/2020

O programa estabelece uma meta de treinamento de pelo menos 2.500 trabalhadores ou novos empregos potenciais para as empresas beneficiárias.

O Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP) e a agência de promoção das exportações, investimentos e imagem do país, Uruguai XXI, assinaram um acordo para dar continuidade ao programa Escolas Finais, que apóia a formação de empresas de serviços globais.

Em 2016 foi assinado o primeiro acordo com o INEFOP e desde então foram implementados mais de 200 cursos e 6.500 pessoas foram treinadas nas habilidades exigidas pelas empresas de serviços globais. O novo acordo terá duração de até dois anos, com renovações semestrais.

A partir de 2012 Uruguai XXI, com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), começou a gerenciar o programa Escolas Finais que oferece treinamento às empresas instaladas no país que exportam serviços nos setores de tecnologia da informação, serviços corporativos, ciências da vida, arquitetura e engenharia.

Esta ferramenta torna possível financiar - em base não reembolsável - até 70% dos custos dos planos de treinamento sob demanda para empresas, em habilidades específicas e transversais.

A assinatura do acordo foi realizada nesta terça-feira no Salão de Assembléia do INEFOP e contou com a presença do Ministro do Trabalho e Previdência Social Pablo Mieres, do Diretor Geral do INEFOP Pablo Darscht e do Diretor Executivo do Uruguai XXI Jaime Miller.

"Este acordo é uma expressão direta da articulação entre a formação profissional e o investimento. Temos que nos concentrar muito em propostas que dêem respostas o mais rápido possível", disse Mieres.

Por sua vez, o diretor executivo do Uruguai XXI, Jaime Miller, explicou que o Uruguai está competindo ao mais alto nível para atrair investimentos em serviços e referiu-se à importância de continuar a fortalecer as habilidades e os talentos deste setor.

"Atualmente, o setor de serviços abrange cerca de 2.500 empresas e emprega cerca de 25.000 pessoas. Vinte e um por cento das exportações do Uruguai são serviços globais, uma indústria em crescimento", disse ele.

"Do Uruguai XXI, conhecemos o setor e conhecemos as empresas. Esta é uma ferramenta que nos serve para atrair investimentos e também ajuda a que, uma vez instalada, a empresa possa exportar mais", concluiu ele.

Por sua vez, Darsch destacou a importância da convergência das duas organizações, uma dedicada a atrair investimentos e a outra à formação profissional para o emprego.

"Ter parceiros com visões institucionais concorrentes e acordos deste porte faz com que cada instituição avance em suas missões; parceiros que identificam gaps no mercado de trabalho e trabalham para fechá-las", disse o diretor do INEFOP.

*De acordo com as medidas preventivas adotadas pela emergência sanitária, a atividade foi transmitida por streaming e está disponível no canal do YouTube INEFOP Uruguai.

Tudo sobre as escolas de acabamento aqui.

Palabras clave:

  • partilhar