BOAS PRÁTICAS DE INVESTIMENTO E PROMOçãO DAS EXPORTAçõES

Fecha de publicación: 18/12/2019

Nos últimos cinco anos, o Uruguai XXI trabalhou em quatro linhas que garantiram bons resultados no investimento e na promoção das exportações em diferentes níveis.

#1 Promover o país internacionalmente

Uruguai XXI realizou -com a marca e o conteúdo da marca Uruguay Natural- uma estratégia baseada em três pilares: a promoção do país em mercados chave, o trabalho com o setor público e privado e a aplicação de ferramentas contemporâneas de comunicação e marketing promocional.

As ações são realizadas através de uma metodologia de marketing do país em que intervêm e interagem diferentes elementos. Por um lado, a presença de autoridades ministeriais em eventos de promoção empresarial, que também têm a marca da cultura, gastronomia e esportes do país, que abrem portas para a identidade uruguaia e para o conhecimento da marca do país.

Estes eventos, que são dirigidos a públicos-alvo chave, como potenciais investidores em setores específicos e empresas uruguaias, também são acompanhados por campanhas promocionais de comunicação envolvendo a gestão de imprensa especializada, publicidade programática e redes sociais. Neste sentido, um dos marcos do último ano foi a incorporação das redes sociais chinesas, que têm acompanhado todas as ações realizadas nas terras do principal parceiro comercial do Uruguai.

Neste sentido, em 2019, existiam mais de 1.800 publicações internacionais ligadas a ações em mercados como China, Japão, Alemanha, Brasil, Argentina, Reino Unido, Estados Unidos e México, entre outros.

#2 Atração de investimento por setor

O trabalho de atração de investimentos por setores produtivos envolveu especialização do ponto de vista prospectivo, além do trabalho interno da agência na criação de informações de inteligência comercial, na coordenação público-privada e na construção de marcas setoriais do país.

Os setores foram priorizados de acordo com o plano do governo, em uma tentativa de projetar o trabalho dos uruguaios no futuro.

#3 Articulação Inter-institucional

Há dois anos, o Uruguai conta com uma estrutura institucional articulada para gerar as condições de competitividade e liderar a estratégia de abertura através de roteiros setoriais sob a égide do Sistema de Transformação Produtiva e Competitividade.

Trabalhar como um sistema tem permitido maior eficiência e coordenação no trabalho interinstitucional, promovendo melhores condições de competitividade para a produção.

Para o período 2018-2021, o Gabinete de Transformação Produtiva e Competitividade priorizou cinco setores que constituirão o conjunto inicial de roteiros, com focos específicos já identificados dentro de alguns deles: TICs, Alimentos, Logística, Indústrias Criativas e Silvicultura Madeireira.

#4 Melhorar o clima empresarial

Em 2019 foi criado no Uruguai XXI o setor After Care. Neste sentido, a agência tem focado as empresas estrangeiras instaladas no país como forma de aumentar e sofisticar o Investimento Direto Estrangeiro (IDE), a integração de fornecedores locais nas cadeias de valor globais e a colaboração na promoção do país.

Contribuímos também para a melhoria contínua do ambiente de negócios para a construção de vantagens competitivas e satisfação dos investidores, e focalizamos o trabalho por setores estratégicos de alto impacto.

Neste contexto de trabalho, o Uruguai XXI oferece às partes interessadas uma visão abrangente e acesso a informação de qualidade sobre empresas e plataformas prioritárias, e contribui para uma maior ligação entre investidores estrangeiros e atores locais nos ecossistemas empresariais.

Também oferece apoio às empresas instaladas e facilita soluções para os desafios que surgem tanto a nível individual como no ecossistema empresarial em que as empresas operam.

Neste papel, a agência promove a expansão e diversificação das empresas instaladas, tentando desenvolver operações em outras plataformas.

  • partilhar