CÍTRICOS E BLUEBERRIES URUGUAIOS EM FRUIT LOGISTICA, A PRINCIPAL FEIRA DE FRUTAS DO MUNDO

Fecha de publicación: 07/02/2018

Pela décima vez consecutiva, o Uruguai estará presente em Fruit Logistica, do dia 7 ao dia 9 de fevereiro, a feira que ano a ano se realiza em Berlim e reúne os máximos exponentes e compradores do setor. A participação do Uruguai é estratégica para continuar posicionando a produção nacional em nível mundial e chegar a novos compradores.

Uruguay XXI coordena a participação das empresas uruguaias sob a marca setorial Uruguay Fruits junto à União de Produtores e Exportadores Hortifrutícolas do Uruguai (Upefruy) com o apoio da Embaixada do Uruguai em Berlim.

Este ano estarão presentes no stand país 9 empresas uruguaias: Azul Sereno, Gamorel e Blue Forest (blueberrys), Citrícola Salteña e Forbel (cítricos e blueberrys), San Miguel, Noridel, e Urud’or (cítricos), e Rossi Cargo (transporte de cargas).

A feira é uma plataforma fundamental para promover a produção de cada país e os negócios, através do contato direto com potenciais clientes. Espera-se a participação de mais de 3.000 expositores e 76.000 visitantes que buscarão potenciar seus negócios.

Em 2017, o Uruguai exportou mais de 108 mil toneladas de frutas por um valor superior aos US$ 95 milhões a 40 países. De acordo com o Escritório Federal de Estatísticas alemão (Destatis, Statistisches Bundesamt), durante 2017 e até o mês de novembro, o país comprou perto de US$ 5.6 milhões de frutas ao Uruguai, principalmente cítricos e blueberrys.

Mais uma vez, em 2018, o Uruguai apresentará em Fruit Logistica seus cítricos e blueberrys com a intenção de chegar cada vez a mais consumidores alemães.

Os cítricos representam 84% das exportações de frutas uruguaias. O país desenvolveu sistemas avançados de rastreabilidade que garantem a origem natural e a segurança. Atualmente estão georreferenciadas 100% das plantações de cítricos. A rastreabilidade da citricultura está presente em todas as fases da cadeia, desde a formação da planta, passando pelo desenvolvimento dos frutos, até chegar ao destino de exportação.

A introdução de tecnologia agro inteligente nos cítricos uruguaios permite que o consumidor tenha acesso às informações sobre a gestão em nível de campo de elementos fitossanitários, nutrição e rego, entre outros. Por sua vez, o clima temperado favorece o amadurecimento precoce dos cítricos, conseguindo frutos de altíssima qualidade e sabor, o que habilita o ingresso aos mercados europeus contra estação.

O Uruguai oferece grandes vantagens para o cultivo de blueberrys: terras férteis, clima apropriado e uma produção responsável. A localização geográfica, com estações inversas aos mercados da Europa e dos Estados Unidos, tornam o país um fornecedor estratégico. Apesar de ser uma atividade recente, o cultivo de blueberrys no Uruguai demonstrou um extraordinário dinamismo. Na última década, foi o fruto com mais desenvolvimento em termos de volumes produzidos e exportados.

  • partilhar