EQUIPA INTERDISCIPLINAR URUGUAIA CRIOU DISPOSITIVO PARA INACTIVAR A COVID-19 POR MEIO DE RADIAçãO ULTRAVIOLETA

Fecha de publicación: 28/05/2020

O dispositivo de desinfecção ambiental remove os vírus do ar e das superfícies através da radiação ultravioleta (UV).

Membros do Tecnólogo em Engenharia Biomédica (TIB) e da Engenharia Mecatrônica (IMEC) da Universidad Tecnológica del Uruguay (UTEC) produziram um instrumento complementar aos sistemas tradicionais de desinfecção e limpeza. A excelência ética e técnica dos profissionais, a sua capacidade de identificar problemas e encontrar soluções de acordo com a situação actual, demonstra o compromisso que os profissionais têm com a realidade do país.

O protótipo tem um sistema de lâmpadas UV-C que emitem um comprimento de onda altamente eficaz contra vírus com características semelhantes às do Covid-19. As características do aparelho permitem a sua adaptação a ambientes hospitalares: é fabricado em aço inoxidável, pesa aproximadamente 20 quilos, tem 1,75 metros de altura e um ecrã LCD que apresenta a informação de forma acessível. Além disso, possui um sistema micro-controlado para medir a distância até às pessoas e assim iniciar a desinfecção quando estas não se encontram nas proximidades.

Em apenas três dias Lucas Baldezzari, Juan Pascual, Mauricio Santiesteban e Nicolás Nolazco, com a colaboração remota de Melina Zapata, Leonardo Nicola Siri, Juan Beret e Javier Billordo fabricaram o dispositivo com materiais doados pelo engenheiro Carlos Hartwich. Os participantes do projecto fazem parte do TIB e IMEC, carreiras que são leccionadas no Instituto Técnico Regional Sudoeste, localizado em Fray Bentos, Rio Negro.

A equipa TIB propôs a concepção de um segundo protótipo que inclui funções para conhecer o tempo de exposição, o histórico de datas e horas em que foi utilizado e as áreas desinfectadas. A longo prazo, os criadores querem que o instrumento seja autónomo e não dependente de pessoas que se desloquem.

A UTEC foi criada em 2017 com o objectivo de expandir a proposta pública terciária nos departamentos do interior do país. A formação com um perfil tecnológico visa contribuir para o desenvolvimento produtivo do país e acompanhar as suas orientações estratégicas.


Palabras clave:

  • partilhar