ESTUDO DO SETOR LOGÍSTICO NO URUGUAI

Fecha de publicación: 28/12/2017

O setor transporte e armazenamento, ligado diretamente com o setor logístico, representou aproximadamente 3,6% do PIB do Uruguai [1]. Isso, junto a sua importância para o desenvolvimento do comércio internacional e como suporte da atividade industrial, deixa ver o caráter estratégico e o potencial do setor para a economia.

O país oferece importantes vantagens para a localização de Centros de Distribuição Regional, pois o quadro normativo do Uruguai oferece importantes vantagens para a operativa logística, com inventivos significativos para a instalação de CDR's e para a gestão da mercadoria em trânsito. Inclui regimes de Zona Franca, Portos e Aeroportos Livre, Depósitos aduaneiros e Admissão Temporária.

O Uruguai conta com uma infraestrutura adequada, um moderno aeroporto e a rede de transporte rodoviário mais densa de toda a América Latina, que também está em plena atualização. Tem portos com uma infraestrutura de primeiro nível, únicos na costa Atlântica Sul que operam sob o sistema de Porto Livre; e um regime semelhante para os aeroportos.

O setor logístico tem no Uruguai sua própria institucionalidade. Em 2010 foi criado por lei o Instituto Nacional de Logística (INALOG) que age como espaço de participação e coordenação público-privada para o desenvolvimento do setor.

O aprofundamento da globalização e a crescente internacionalização das economias acarretaram um forte desenvolvimento das oportunidades no setor logístico em nível mundial. Conheça as características desse setor com grande potencial no Uruguai no estudo, clicando aqui.

[1] Fonte: Observatório Nacional de Infraestrutura, Transporte e Logística.

Palabras clave:

  • partilhar