THE ECONOMIST RECONHECE O URUGUAI COMO O PAÍS MAIS DEMOCRÁTICO DA AMÉRICA LATINA

Fecha de publicación: 11/02/2022

A revista britânica Democracy Index também classificou o país em 13º lugar no mundo.

A prestigiosa publicação britânica The Economist publicou seu Índice de Democracia anual, no qual o Uruguai ficou em 13º lugar no mundo e também emergiu como a nação democrática líder na América Latina.

O relatório analisa a situação de 167 países, avaliando medidas como processo eleitoral e pluralismo, funcionamento do governo, participação política, cultura política, democracia e liberdades civis.

O Uruguai aumentou sua pontuação de 8,61 para 8,85 em 10 e ficou em primeiro lugar no ranking da América Latina, à frente da Costa Rica e do Chile. Com esta avaliação, o país é qualificado como uma "democracia plena", uma situação que apenas 6,4% da população mundial experimenta de acordo com o relatório.

O Uruguai parece ser uma exceção no panorama global e regional. The Economist afirma em seu relatório que, globalmente, a democracia está passando por um declínio, já que em 2020 a pontuação total era de 5,37 em 10 e em 2021 caiu para 5,28. Na América Latina, a queda foi mais dramática, com uma queda de 0,26 em 10 em comparação com 0,22 na América do Norte e 0,16 na Ásia e Austrália.

Palabras clave:

  • partilhar