URUGUAI E JAPãO ASSINAM ACORDO PARA INCENTIVAR O INVESTIMENTO BILATERAL

Fecha de publicación: 26/06/2021

O acordo faz parte da celebração dos 100 anos de relações bilaterais.

O Ministério das Relações Exteriores e a Embaixada do Japão no Uruguai assinaram na quarta-feira 23 de junho um acordo para eliminar a dupla tributação dos rendimentos e evitar a evasão e fraude fiscais. O acordo faz parte das celebrações dos 100 anos de relações bilaterais. Está prevista a visitar do Presidente da República, Luis Lacalle Pou, ao país asiático este ano.

A assinatura do acordo, que teve lugar no Ministério das Relações Exteriores, contou com a presença do Ministro das Relações Exteriores, Francisco Bustillo, e do Embaixador japonês no Uruguai, Tatsuhiro Shindo.

O ministro salientou que as relações diplomáticas entre os dois países se encontram a um excelente nível, com potencial para se expandirem ainda mais. No que tange ao acordo assinado, que entrará em vigor dentro de 30 dias, explicou que complementará o quadro jurídico e comercial existente, junto com o já existente Acordo sobre a Liberalização, Promoção e Proteção dos Investimentos. "Ambos os países concordam em manter o comércio internacional aberto a fim de avançar na reconstrução após a pandemia da COVID-19 de uma forma sustentável", afirmou.

Bustillo remarcou que o acordo é assinado com a terceira maior economia do mundo, que tem um mercado sofisticado e elevados padrões de qualidade. Neste sentido, acrescentou que a vontade do Uruguai é de expandir os fluxos econômico-comerciais e se posicionar como potencial destinatário de investimentos.

O ministro informou que as principais exportações para este destino são a carne bovina e a lã, e que as importações correspondem aos setores automóvel e industrial. "O acesso dos produtos de carne ao Japão é uma distinção e uma carta de apresentação ao mercado mundial", disse ele.

Também valorizou a aposta do governo no investimento privado como um mecanismo para o desenvolvimento futuro, especialmente a promoção de tecnologias de ponta, serviços e agronegócios. 

O Secretário de Estado disse que existem progressos em acordos bilaterais sobre descarbonização e produção de hidrogênio verde, telecomunicações e parques industriais. Entretanto, mencionou as virtudes do Uruguai como um "parceiro seguro e confiável, com uma economia forte e estável, instituições sólidas e elevada credibilidade". 

Atualmente, cerca de 22 empresas japonesas com investimentos nos setores automóvel, equipamento eletrônico, equipamento médico, frigoríficos e serviços estão instaladas no país. Além disso, os investimentos japoneses no Uruguai cresceram constantemente desde o ano de 2000 e ultrapassam os 450 milhões de dólares, de acordo com o Banco Central do Uruguai.

Por sua parte, Tatsuhiro Shindo indicou que a aprovação deste acordo tem como base o fortalecimento das relações bilaterais. Além disso, expressou que as relações devem ser sempre bilaterais, de modo a que o benefício seja recíproco. "Trabalhar em equipe permite sempre conseguir melhores resultados", assinalou.

 

Fonte: Presidência

Palabras clave:

  • partilhar