LIDERADA PELO PRESIDENTE LUIS LACALLE POU E PELA DELEGAçãO, A CERIMÓNIA OFICIAL TEVE LUGAR NO âMBITO DO DIA NACIONAL DO URUGUAI NA EXPO DUBAI 2020.

Fecha de publicación: 21/02/2022

O evento, que incluiu um discurso do Sheikh Nahyan Bin Mubarak, contou com a presença de autoridades, mais de 50 empresas nacionais e foi encerrado com uma exposição artística e cultural nacional.

O comissário geral da Expo Dubai Sheikh Nahyan Bin Mubarak Sheikh Nahayan abriu o evento para o dia nacional do Uruguai na Expo Dubai 2020 destacando a importância de participar neste evento global, apontando o país como um exemplo de sustentabilidade para a América Latina e o mundo e agradecendo ao Presidente uruguaio Luis Lacalle Pou, bem como ao director do Uruguai XXI e curador do pavilhão, Sebastián Risso.

Sublinhou também a importância da presença do Uruguai no pavilhão, salientando que o país se tornou uma referência mundial em termos de energias renováveis, agro-inteligência, inovação tecnológica e governo digital.

Deu então a palavra ao Presidente Luis Lacalle Pou, que agradeceu aos presentes, aos ministérios participantes, aos embaixadores do Uruguai e aos empresários nacionais que deixaram o seu trabalho no país para acompanhar a delegação presente. O Presidente estava acompanhado pela Sra. Lorena Ponce de León, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Sr. Francisco Bustillo, o Ministro da Economia e Finanças, Sra. Azucena Arbeleche, o Ministro da Indústria, Energia e Minas, Sr. Omar Paganini, o Ministro da Pecuária, Agricultura e Pescas, Sr. Fernando Mattos, o Ministro do Turismo, Sr. Tabaré Viera. Também o director executivo e vice-director Sebastián Risso e Inés Bonicelli, respectivamente, da agência de promoção do investimento, exportação e imagem do país, Uruguai XXI.

Sublinhou então o significado do cavalo no nosso brasão nacional, que é tão importante para a região dos Emirados Árabes. "O cavalo significa liberdade, e a liberdade para os uruguaios é um bem muito precioso", disse ele. Ele destacou o Uruguai como uma grande nação de grandes tradições, com um vasto processo cumulativo ao longo dos anos com o mesmo fio comum, a liberdade.

"O Uruguai está pronto a oferecer ao mundo os elementos necessários para ser livre, porque não é livre se não tiver comida, não é livre se não tiver relações pacíficas, não é livre se não tiver a capacidade de gerar tecnologia de ponta, não é livre se não tiver a possibilidade de se mover", Luis Lacalle Pou destacou a componente ambiental ligada à componente económica e as relações que foram estabelecidas neste sentido e que o país fez um avanço no seu compromisso ambiental, bem como na sua segurança alimentar.

Concluiu que o Uruguai está a fazer o seu melhor capital humano e a sua melhor tradição histórica disponível na Expo.

Posteriormente, realizaram-se diferentes apresentações artísticas e os presentes puderam apreciar o espectáculo Suite Gardel e uma homenagem aos 100 anos de La Cumparsita, o tango mais famoso do mundo.

No dia 22 de Fevereiro, o Uruguai XXI realizará uma apresentação do país e um evento de networking empresarial com os seus homólogos Emirati. No mesmo dia da manhã haverá uma reunião que incluirá a assinatura de um documento de entendimento entre a Câmara Nacional de Comércio e Serviços do Uruguai e a Câmara do Dubai. Ambos os eventos serão abordados pela Ministra da Economia e Finanças, Azucena Arbeleche. O dia terminará com uma recepção organizada pelo banco HSBC.

O Uruguai participará até 31 de Março na Expo Dubai, uma exposição universal que reúne mais de 200 participantes, incluindo países, organizações multilaterais, empresas e instituições de ensino. Ali, o Uruguai irá apresentar-se como um centro de negócios na América do Sul e uma referência em produção agro-inteligente, tecnologias e energias limpas. Sob o lema "Test Uruguay", convida os participantes a aprender em primeira mão sobre o seu carácter essencialmente inovador, com talento qualificado e portas abertas para aqueles que o escolhem para viver, trabalhar e investir.

Aí, para além de um networking de primeira classe, os convidados poderão desfrutar de um cocktail com queijos, carnes, arroz e vinhos uruguaios de primeira qualidade.

Acompanham e apoiam esta missão Bodega Garzón, o Instituto Nacional da Carne (INAC), Conaprole, o Laboratório Tecnológico do Uruguai (LATU), o Instituto Nacional de Viticultura (INAVI), ANTEL, Banco República Oriental do Uruguai, UTE e a empresa agro-industrial do arroz, COOPAR.

Palabras clave:

  • partilhar