O PAÍS DA AMÉRICA DO SUL QUE RECEBE MAIS TURISTAS EM RELAçãO A SUA POPULAçãO

Fecha de publicación: 30/03/2017

O turismo é a principal atividade geradora de divisas no Uruguai. Com ingressos que superaram os US$ 1.800 milhões em 2016, gera mais divisas que os tradicionais rubros de exportação do país. O Uruguai é, além disso, o primeiro país da América do Sul em número de turistas recebidos em função de sua população.

 Nos últimos anos, o Uruguai se consolidou no desenvolvimento de infraestrutura de hotéis e serviços turísticos de qualidade, além de oferecer condições naturais atrativas localizadas a poucos quilômetros de distância entre si. Essas características contribuíram para que o Uruguai seja o país da América Latina que recebe mais turistas em relação a sua população. Em 2016 visitaram o país 3.328.450 pessoas, o que representa 98% da população.

As chegadas internacionais estão fortemente concentradas por origem, sendo que 85% dos visitantes estrangeiros que chegaram ao Uruguai em 2016 é proveniente dos dois países limítrofes. Destaca-se o aumento na quantidade de turistas argentinos, que no último ano subiu 25%, o que representa 433.000 turistas a mais do que em 2015, totalizando 2.140.000 turistas.

Montevidéu foi em 2016 o principal destino turístico com mais de 950.000 visitantes, captando um de cada três turistas. Em segundo lugar, Punta del Este superou os 695.000 turistas, o que representou um aumento de 75 mil visitantes frente a 2015, um 11% a mais do que no ano anterior. O terceiro lugar foi ocupado pelo Litoral Termal com quase 500 mil visitas e Colonia foi o quarto destino com 283 mil turistas.

A Cidade Velha vem sendo a principal atração turística do país. No último ano, p Governo de Montevidéu lançou um programa de revitalização da Cidade Velha, pelo qual vem investindo perto de US$ 3 milhões para melhorar a zona.

O turismo no Uruguai ganhou uma maior participação no produto nacional. Em 2015 a atividade turística explicou 7,1% do PIB do Uruguai e gerou perto de 110.000 vagas de trabalho.

As perspectivas para 2017 indicam que o setor turístico no Uruguai voltará a crescer. Nos dois primeiros meses de 2017 ingressaram ao país quase 1,1 milhões de turistas, o que acarretou um aumento de 23,6% em relação aos mesmos meses de 2016. Esse aumento se explica por um maior número de ingresso de turistas da região, entre os que se destaca um crescimento de 41% entre os turistas chilenos e um aumento de 25% de argentinos e brasileiros. Além disso, o gasto total superou os US$ 900 milhões, o que comporta um crescimento de 42% em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com estimações de CINVE, espera-se que ao encerramento de 2017 a chegada de turistas seja 15% superior à registrada em 2016. A maior contribuição estaria explicada por um aumento na emissão de turistas dos países regionais, entre os que se destaca Argentina que aumentaria 20% o número de turistas e Brasil que se espera aumente 9%.

No Uruguai existe um programa nacional de turismo no longo prazo, que oferece uma visão estratégica e consensualizada entre o setor público e privado para o desenvolvimento da atividade no país. Em 2015 entrou em vigência a Lei de Turismo, que estabelece essa atividade como um direito e gera ferramentas para melhorar a produtividade do setor. Também existe uma política de promoção ativa que, através da participação nas principais feiras internacionais e um forte investimento em campanhas de publicidade, posiciona ao Uruguai internacionalmente sob a marca "Uruguay Natural", permitindo ressaltar os valores diferenciados do país como destino turístico.

Cabe destacar a inauguração do Centro de Convenções de Punta del Este, uma das mais modernas infraestruturas de eventos da América Latina e para 2018 se prevê a finalização do ANTEL Arena com um investimento próximo aos US$ 60 milhões. Esses dois modernos centros de convenções vão colocar ao Uruguai na vanguarda do desenvolvimento de infraestrutura para a realização de eventos e convenções na região.

Ler estudo completo  

  • partilhar