OFICINA NOVO ENFOQUE EM INOCUIDADE ALIMENTAR - CONTROLES PREVENTIVOS EM ALIMENTOS PARA HUMANOS

Fecha de publicación: 22/03/2018

O que estabelece a lei FSMA para exportar alimentos aos Estados Unidos? A minha empresa cumpre os novos requisitos sobre inocuidade alimentar para exportação? Esses são alguns dos assuntos que irá abordar a diretora do programa FDA-LSQA, Gisela Kopper.

Participe na Oficina Novo enfoque em Inocuidade Alimentar - Controles Preventivos em Alimentos para Humanos

A minha empresa cumpre os novos requisitos sobre inocuidade alimentar para exportação? Que normas garantem a inocuidade e qualidade alimentar? O que estabelece a lei FSMA para exportar alimentos aos Estados Unidos?

Esses são alguns dos assuntos a serem abordados na oficina, a cargo da diretora do programa FDA-LSQA, Gisela Kopper, a se realizar no dia 11 de abril das 9 às 12 horas no Clube dos Industriais (Avenida Itália 6101).

Kopper é engenheira em alimentos e possui mais de 25 anos de experiência em gestão da inovação tecnológica, inocuidade, processamento e envasado de alimentos. Atualmente, é a diretora do programa FDA-LSQA.

A atividade está voltada a empresas exportadoras de agro alimentos ou que pretendam se iniciar nesse sentido.

O Uruguai produz alimentos para quase 28 milhões de pessoas, e tem potencial para alimentar a 50 milhões. Os produtos uruguaios são reconhecidos no mundo pela sua qualidade e segurança. Em 2017, o Uruguai exportou alimentos por USD 4.955 milhões a mais de 140 destinos, o que representou 56% da sua matriz exportadora.

O evento é organizado em conjunto por LSQA, a Câmara de Indústrias do Uruguai (CIU) com o Programa Impulsa Alimentos, a Câmara Nacional de Comércio e Serviços do Uruguai (CNCS), o Instituto Nacional de Formação Profissional (INEFOP) e Uruguay XXI.

Atividade gratuita prévia inscrição. 

Palabras clave:

  • partilhar