URUGUAI ABRE SEU PRIMEIRO CONSULADO DE TECNOLOGIA EM SãO FRANCISCO

Fecha de publicación: 05/03/2020

Procura posicionar o Uruguai como um país digital, apoiar empresas nacionais com sede em Silicon Valey e atrair potenciais investidores.

Em 14 de fevereiro foi aberto o Consulado Geral do Uruguai, na cidade de São Francisco, Estados Unidos. Este é o primeiro consulado tecnológico uruguaio do mundo, que dará uma forte ênfase às questões da "Era Digital", de acordo com a declaração oficial do Ministério das Relações Exteriores. A inauguração contou com a presença de empresários locais, representantes de fundos de investimento, autoridades governamentais da cidade norte-americana, entre outros atores importantes.

O novo escritório terá como prioridade a geração de capacidades para uma melhor inserção no cenário global, com o objetivo de criar "oportunidades para o ecossistema inovador nacional", destaca a comunicação oficial do Ministério das Relações Exteriores. A instalação desta nova sede servirá como experiência piloto para a implementação de uma "Diplomacia na Era Digital", segundo os detalhes do comunicado.

O trabalho do consulado se concentrará em três áreas fundamentais: a vinculação com empresas tecnológicas, universidades e fundos de capital de risco, que visa obter financiamento para as empresas nacionais, atrair investimentos produtivos para o Uruguai, com ênfase nos serviços globais, telecomunicações e desenvolvimento digital, e promover a cooperação com as autoridades privadas e locais, que procurará impulsionar o desenvolvimento tecnológico e a inovação no país.

A razão para a abertura do novo consulado, que foi aprovado pelo Departamento de Estado dos EUA, está na importância do mercado americano para a indústria nacional de software. Nesse sentido, 65% das exportações do setor em expansão são destinadas ao mercado dos Estados Unidos.

Da mesma forma, o número de empresários uruguaios que optam por se estabelecer no Vale do Silício tem crescido nos últimos anos. A área sul da Baía de São Francisco é "o epicentro de uma revolução tecnológica, que tem uma relevância transcendental para a economia global", diz a declaração do Ministério das Relações Exteriores. Silicon Valley é o lar de várias das maiores corporações de tecnologia do mundo, incluindo Apple, Alphabet, Intel, HP, Cisco System, Facebook e Oracle, entre outras. É o principal centro de inovação e desenvolvimento de alta tecnologia, além de receber grande parte do investimento de risco nos Estados Unidos, o motor da indústria.

Nesse sentido, o consulado de tecnologia em São Francisco procurará estabelecer "relações permanentes e duradouras com os atores ali representados", afirma a comunicação oficial. A medida faz parte de uma série de investimentos em tecnologias de informação e comunicação, que posicionaram o Uruguai como uma referência no campo e na vanguarda da região. O país é um centro de negócios de primeira classe, além de ter a maior conectividade e penetração da Internet no continente, com 85% dos lares com acesso à banda larga fixa e 75% com fibra ótica para a casa.

É o país mais avançado da América Latina em desenvolvimento de TIC e o maior exportador de software per capita, com o preço mais acessível da Internet e uma das maiores velocidades de download da região. Possui um dos melhores Data Centers da América Latina e vários sistemas de cabos submarinos, assim como zonas livres e regimes promocionais atraentes. Estas qualidades e seu clima de negócios a posicionam como um centro global de serviços para a região e para o mundo.

Palabras clave:

  • partilhar