AS ZONAS FRANCAS IMPACTAM NA CAPTAçãO DE INVESTIMENTOS, GERAçãO DE EMPREGO QUALIFICADO E DIVERSIFICAçãO DE EXPORTAçõES

Fecha de publicación: 20/06/2018

Em 2017, as exportações totais de bens do Uruguai superaram US$ 9.025 milhões, dos quais aproximadamente 29% foi enviado ao exterior desde algumas das Zonas Francas, assinala o novo estudo de Inteligência Competitiva de Uruguay XXI.

As Zonas Francas fazem parte de um conjunto de políticas que têm como principal objetivo o incentivo ao investimento no Uruguai, entre as que também estão a Lei de Promoção e Proteção de Investimentos, regimes de Porto Livre e Aeroporto Livre, a Lei de Participação Público-Privada (PPP) e a Lei de Parques Industriais, entre outras.

De acordo com o estudo elaborado pelo departamento de Inteligência Competitiva de Uruguay XXI, as Zonas Francas têm um importante papel na atração de investimento, na geração de emprego qualificado e na diversificação das exportações do país.

As exportações de bens uruguaios apresentaram um grande dinamismo, sendo triplicadas na última década. Além disso, foram diversificados os mercados e as Zonas Francas adquiriram relevância como destinos intermédios. Sua importância radica nas características que fazem delas locais idôneos para a formação de complexos industriais, a instalação de indústrias manufatureiras sobre a base de matérias primas estrangeiras ou nacionais, ou o uso como centro logístico ou de operações para prover vários serviços ao mundo.

Em 2017, as exportações totais de bens do Uruguai superaram US$ 9.025 milhões, dos quais aproximadamente 29% foi enviado ao exterior desde alguma das Zonas Francas.

Os grandes investimentos realizados nas Zonas Francas, favorecidos pelo quadro normativo vigente, foram o motor de seu desenvolvimento. Com base em dados da Área Zonas Francas do Ministério de Economia e Finanças, o investimento total acumulado superou os US$ 5.745 milhões entre 2005 e 2014.

Atualmente, existem onze Zonas Francas no Uruguai: Nueva Palmira (estatal), Fray Bentos (UPM), Libertad, Punta Pereira (Montes del Plata), Colonia, Colonia Suiza, Floridasur, Zonamerica, WTC Free Zone, Parque de las Ciencias e Aguada Park.

Em total operam nas Zonas Francas 1.420 empresas. Aproximadamente, 45% realizam atividades relacionadas ao comércio, seguidas pelas desenvolvidas no setor de serviços profissionais.

Além disso, as Zonas Francas têm um importante papel na geração de emprego com alto nível de capacitação. De acordo com dados do Ministério de Economia e Finanças de 2014, esses espaços empregam de forma direta a 14.500 pessoas. 90% do pessoal ocupado, por volta de 12.000 pessoas, corresponde a trabalhadores nacionais.

Leia o estudo completo aqui. 

Palabras clave:

  • partilhar