EMPRESÁRIOS DESTACAM O URUGUAI COMO UM CENTRO DE NEGÓCIOS

Fecha de publicación: 19/02/2020

Foi no America Business Forum, que reuniu as principais figuras empresariais.

Estabilidade política e econômica, trabalhadores altamente qualificados e facilidade de contatos são os atrativos que as empresas procuram quando se instalam em um país e que encontram no Uruguai. Isso foi declarado por empresas estrangeiras com operações no país que participaram do America Business Forum, um encontro que reúne representantes do mundo empresarial, membros de organizações não governamentais e autoridades da região, e que contou com a presença de prestigiados palestrantes internacionais.

O Uruguai XXI apoiou este fórum global para continuar a promover o país como um centro de negócios. O Uruguai, que se estabeleceu como uma porta de entrada estável para mais de 400 milhões de pessoas, posicionou-se como um sólido 'hub' logístico regional. Uruguai tem uma localização privilegiada que favorece o acesso a milhões de consumidores em todo o continente em poucas horas.

A segurança e estabilidade jurídica são alguns dos pontos fortes que o país oferece às empresas para se estabelecerem, disse o diretor executivo da agência de promoção de investimentos, exportação e marca do país, Uruguai XXI, Antonio Carámbula, durante o desenvolvimento do Fórum Empresarial América. "As empresas vêm ao Uruguai e, como fazem bem, reinvestem e expandem sua escala de negócios em busca de oportunidades na região", disse ele.

Um dos palestrantes do dia foi o italiano Giuseppe Cipriani, que está realizando um investimento para a construção de um luxuoso resort onde estavam localizadas as instalações do antigo Hotel San Rafael em Punta del Este. O empresário da hotelaria destacou que o Uruguai é "um lugar mágico porque não há instabilidade e o governo ajuda". Ele assegurou que quando as coisas dão certo, é mais fácil investir. "O Município de Maldonado aprovou o nosso projecto em tempo recorde. É fundamental ter um governo que apoie e leis que funcionem. Isso é o que temos no Uruguai", argumentou ele. O investidor também acrescentou que o Uruguai é um "país fantástico, com uma natureza e pessoas incríveis". "Tem tudo para ser um país para ficar", disse ele.

Conheça a experiência de empresas que operam do Uruguai para o mundo

"A Globant é uma empresa argentina de transformação digital e cognitiva, mas que opera em todo o mundo. Começou a trabalhar no Uruguai há quase 10 anos. Decidimos pelo Uruguai porque é um mercado no qual encontramos talentos maduros com muitas oportunidades para serem promovidos. Encontramos um ótimo nível de universidades, um ótimo nível acadêmico e também um nível muito bom de inglês e português, algo fundamental para o negócio global que desenvolvemos".

Bernardo Manzella, country manager de Globant

"Estamos presentes no Uruguai desde 1937, vendendo no mercado local. Há três anos instalamos um centro logístico através do qual movimentamos mercadorias para o continente sul-americano. O Uruguai oferece várias vantagens, as mais comuns e sempre mencionadas são a estabilidade política, econômica e social, mas além disso, vemos para o nosso setor que neste país, devido à sua dimensão, os contatos podem ser feitos rapidamente. Pode facilmente contactar o Ministério da Saúde Pública, a Direcção Nacional das Alfândegas, o Ministério da Pecuária ou qualquer outro organismo regulador. Além disso, há sempre um espírito de cooperação. Este é um dos principais diferenciais".

Alejandra Silveira, Uruguai Hub International Manager de AstraZeneca

"Nós fazemos satélites para mapeamento espacial, basicamente olhamos para a Terra a partir do espaço. No Uruguai temos a planta de integração por satélite porque aqui encontramos a estabilidade política e econômica. Além disso, o regime de zona franca nos ajuda com o comércio e a equipe de pessoas que podemos contratar é adequada para poder trabalhar a operação. Uma vantagem que temos é podermos estar tão perto dos nossos escritórios de design na Argentina, o que nos permite trabalhar em conjunto com eles.

Fabricio Borsellino, Gerente de Fábrica da Satellogic

"No Uruguai temos um trabalho bastante particular, já que atendemos a todas as empresas do grupo. O escritório foi aberto há 15 anos como parte de um plano estratégico para fornecer um serviço de quase 24 horas por dia de pesquisa e desenvolvimento. Houve muitas razões para escolher o Uruguai, primeiro porque é um país onde encontramos talentos muito qualificados, e segundo porque era muito necessário para nós que os funcionários falassem muito bem inglês. Era importante que fosse um lugar competitivo em termos de custos operacionais, e o Uruguai também se encontrou com isso. A isto se soma o regime de zona livre que oferece, que é muito vantajoso, e também é muito fácil criar uma empresa ou uma operação nessas zonas".
"Há também fatores de fundo: o Uruguai é um país com muita estabilidade política, segurança jurídica, há uma infra-estrutura física e de comunicações muito boa. Hoje em dia é essencial que a Internet seja muito boa e que haja acesso à tecnologia para o trabalho. Todos esses fatores estão presentes no Uruguai e por isso foi muito fácil de instalar aqui.

Sofia Jaunsolo, Country Manager Willis Towers Watson

(Com informações da EFE)

Palabras clave:

  • partilhar