URUGUAI APRESENTOU OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO PARA EMPRESÁRIOS ARGENTINOS

Fecha de publicación: 20/12/2019

Foram apresentados sectores como as ciências da vida, os centros empresariais, o agronegócio e as TIC.

A fim de posicionar o Uruguai como um destino de investimento para as empresas argentinas voltadas à região e ao mundo, o Uruguai XXI realizou a atividade "Oportunidades de Investimento no Uruguai", em Buenos Aires.

Foi um café da manhã de trabalho organizado pelo Uruguai XXI e pela Embaixada do Uruguai na Argentina, que aconteceu no dia 3 de dezembro na residência do Embaixador Hector Lescano Fraschini. Foi uma grande oportunidade de networking na qual participaram uma delegação de 30 participantes uruguaios e 100 empresários argentinos.

Durante o evento, houve mesas de trabalho nas quais especialistas do setor do Uruguai XXI e representantes do setor privado aconselharam os empresários argentinos sobre oportunidades de investimento no Uruguai.

No sector das ciências da vida, os especialistas falaram da logística das farmácias e da cannabis médica. No setor dos centros corporativos regionais, eles falaram sobre os centros de serviços compartilhados da sede e o comércio. Alimentos, floresta/madeira e cannabis medicinal/industrial foram os itens prioritários no setor do agronegócio.

Na mesa da farmácia foi apresentada a história de sucesso do Megalabs. Sua gerente corporativa de logística, Ana Carina Delgado, compartilhou com os presentes quais atividades são realizadas a partir do Uruguai e as razões para escolhê-la.

Globant e um de seus fundadores, Néstor Nocetti, foi apresentado como uma história de sucesso no setor de tecnologia da informação e comentou a experiência de se estabelecer no país. Além disso, Ricardo Domínguez da RICA Consultores apresentou as principais características da Lei 19.179 sobre software livre e formatos abertos no Estado, que está em vigor desde janeiro de 2019.

Quanto ao regime de zona franca, o co-fundador e diretor executivo do Parque Aguada, Francisco Ravecca, e o gerente de desenvolvimento de negócios da Zonamerica, Leandro Bonilla, apresentaram as diferentes opções a serem instaladas no país.

A Decisão 33/15 do Conselho do Mercado Comum do MERCOSUL regula o tratamento aplicável às mercadorias originárias dos países que compõem o bloco, que transitam por zonas francas comerciais ou industriais, zonas francas de processamento de exportação e zonas aduaneiras especiais.

Palabras clave:

  • partilhar