LÍDERES TECNOLÓGICOS SE REUNIRAM NO EVENTO MAIS IMPORTANTE DO SETOR NA REGIãO

Fecha de publicación: 17/01/2020

Com mais de 1.500 pessoas, o Uruguai celebrou a 12ª edição do Punta Tech Meetup, o encontro que conecta referências da América Latina e do mundo.

O Punta Tech Meetup foi realizado novamente em Punta del Este, um dos principais destinos turísticos do Uruguai. Durante o evento, mais de 1.500 empresários, investidores e especialistas internacionais em tecnologia se reuniram para conhecer os últimos desenvolvimentos do setor, trocar idéias e projetos e fechar negócios em um espaço de networking.

Uruguai XXI, através de sua marca setorial, Uruguay Smart Services, apoiou esta iniciativa que proporciona maior dinamismo na indústria de TI uruguaia e posiciona o país como um centro ideal para fazer negócios e como um exportador de serviços de primeira linha.

Na vanguarda das tendências tecnológicas, o Uruguai representa atualmente um pólo de negócios de primeira classe na região. Graças aos notáveis avanços tecnológicos e ao nível de seu talento, empresas estrangeiras vêm ao país para desenvolver seus produtos ou serviços de TI, com o interesse em expandir suas operações regionais a partir daí.

O empresário e um dos organizadores da Punta Tech, Pablo Brenner, destacou a diversidade do público presente e indicou que nesta ocasião o espectro de temas abordados foi ampliado, uma vez que "não só a tecnologia foi discutida, mas também a economia comportamental".

O diretor executivo do Uruguai XXI, Antonio Carámbula, que também participou do evento, destacou que o país se posicionou na tecnologia e que "a passagem do tempo o torna mais forte e valioso". Para Carámbula, o desenvolvimento deve-se ao impulso que a "estabilidade em questões políticas", característica do país, dá aos investimentos.

Além disso, ele destacou a ampla conectividade, a penetração da Internet e o fato de sua velocidade de download ser a mais alta da região. "Isso mobiliza investimentos, impulsiona o talento e oferece possibilidades de desenvolvimento em um dos setores mais importantes da economia do país", disse ele.

Economia comportamental, as últimas tendências em turismo e viagens espaciais foram os temas abordados nesta décima segunda edição. O encontro começou com um excelente painel fintech integrado por Andrés Wolberg-Stok (Citi Global Consumer Banking), Pablo Coirolo (Aeternity Americas), Darpan Shah (Neo Advisors), Roberto Bo (Uber) e Andrés Gil (Deloitte). Este segmento foi moderado por Claudia Fernández (Technisys).

Os especialistas contribuíram com sua visão sobre o futuro da fintech e apontaram a coexistência de diferentes ferramentas e formatos para os nichos de consumo. Ciber-segurança, rapidez nas transações e adaptação dos regulamentos foram alguns dos tópicos abordados.

Marcos do desenvolvimento tecnológico no Uruguai

Desde 2018 o Uruguai faz parte da D9, a rede intergovernamental que reúne líderes em desenvolvimento e governo electrónico, juntamente com o Canadá, Estónia, Israel, Nova Zelândia, Portugal, México, Coreia do Sul e o Reino Unido. Os membros do D9 estão empenhados em colaborar uns com os outros através do intercâmbio e aprendizagem conjunta, de modo a serem cada vez mais ágeis e eficientes.

O número um da região em serviços eletrônicos, zonas francas e esquemas promocionais fazem do Uruguai um destino ideal para a instalação de empresas e seu desenvolvimento em direção à região. Estas são algumas das razões pelas quais não menos de 400 empresas escolhem o país como destino para desenvolver os seus negócios para a região.

O país destaca-se pela instalação de fibra óptica que atingiu 90% das casas, pela construção de um moderno Data Center Internacional premiado em 2016 como o mais destacado da América Latina, que conta com 40.000 servidores, e pelo acesso à Internet de 100% dos centros educativos públicos.

Em 2017, a instalação do cabo submarino de fibra óptica que liga o Uruguai ao Brasil e aos Estados Unidos permitiu que o país se abrisse ao novo mundo e significou um avanço na infra-estrutura para a soberania e o conhecimento.

Hoje, o Uruguai é o maior exportador de software per capita da América Latina e um líder irrefutável em comunicações. Em 2016 foi nomeada pela União Internacional de Telecomunicações como a nação mais avançada em TIC da região, com 600 empresas do setor.

Estes grandes avanços significam não só um aumento na velocidade do tráfego de dados, mas também a capacidade de proporcionar às empresas a possibilidade de se instalarem e desenvolverem negócios de comunicação de primeira classe.

Palabras clave:

  • partilhar